Da onde vem o aroma da baunilha? Saiba como é feito esse aroma

| |

feito esse aroma

Você já sabe da onde vem o aroma da baunilha? Esse aroma é, com certeza, um dos mais populares no mundo todo. Todo mundo conhece o aroma característico da baunilha, mas poucas pessoas realmente sabem da onde esse aroma delicioso vem. Se você está se perguntando da onde vem o aroma da baunilha, então continue lendo e entenda como ela é feita, quais seus benefícios e mais.

O processo de extração da baunilha é complicado, pois leva anos para uma planta amadurecer e isso deve ser feito sempre com as temperaturas acima de 21°C e bom índice de chuvas. Ou seja, o processo é muito específico e técnico. Em geral, a baunilha vem de orquídeas da família chamada Vanilla. Porém, seu processo é tão difícil que o preço do quilo chega a 8 mil reais.

Por conta disso, a indústria está sofrendo com a falta de produtores desse alimento que é transformado em ingrediente e aroma. Por isso, quando falamos da onde vem o aroma da baunilha, devemos notar que ele não é o original 99% das vezes. Nos mercados, estudos mostram que apenas 1% dos produtos usam a baunilha de verdade.

Portanto, para saber mais de onde vem o aroma da baunilha, precisamos entender a fundo como funciona sua produção. Continue lendo e veja mais sobre esse assunto que desperta curiosidade em tantas pessoas!

Da onde vem o aroma da baunilha? Entenda como ele é feito!

O sabor característico das favas de baunilha vem do processo de secagem, quando ocorre uma fermentação natural dos compostos. Porém, isso ainda não é o aroma de baunilha que vemos na maioria dos produtos ou até sendo vendido por si só em mercados. É muito comum que as pessoas chamem esse produto de extrato de baunilha, porém isso é um conceito errado.

O extrato é o fruto em pedaços, numa solução alcoólica de vodka, juntamente com as substâncias químicas que passam por essa solução, sendo um produto natural. Já a essência é um produto sintético, que mistura ervas e outros compostos que lembram o aroma da baunilha. Ou seja, o que vemos na maioria das vezes é a essência, um produto sintético feito em laboratórios.

Esse aroma é obtido a partir de álcool coniferílico, uma substância presente na madeira dos pinheiros nos laboratórios. Ou seja, não é a baunilha de verdade. Como já mencionado, isso ocorre por conta das condições que devem ser aplicadas ao produzir a fava de baunilha de verdade. São condições específicas e é necessário ter muita técnica!

Dito isso, agora já sabemos da onde vem o aroma da baunilha: Nem da planta e nem de outro lugar, o aroma simplesmente é sintético. Isso não faz dele menos delicioso, porém é bom entender que, se você quer um prato cinco estrelas, talvez precise gastar 8 mil reais para comprar apenas um quilo de fava de baunilha de verdade.

Como é feito o plantio da baunilha?

Agora já sabemos da onde vem o aroma da baunilha, mas precisamos entender como é feito o seu plantio apropriado. Afinal, será que é tão complicado assim? Primeiramente, devemos notar que a maior produção de baunilha do mundo se encontra na África e em Madagascar. Porém, também é possível encontrar plantações dessa planta na Bahia e em Minas Gerais no Brasil.

O plantio é feito a partir de estacas com algo entre 40 centímetros e 1 metro, com alguns nós enterrados no solo. Ademais, essa planta pode demorar anos para dar frutos. Inicialmente, ela era encontrada apenas no México, porém colonizadores levaram a mesma para a Europa. A partir daí, ela começou a se espalhar pelo mundo.

Um antigo escravo dos europeus desenvolveu uma forma de polinizar as orquídeas manualmente: Usar um palito de madeira para afastar o rostelo e unir as partes masculina e feminina da planta com os dedos. Ademais, essa é a técnica usada até hoje. Sendo assim, a produção aumentou em escala após isso.

Gostou de saber da onde vem o aroma da baunilha? Então compre um pouco de essência de baunilha e faça uma bela receita com esse delicioso sabor hoje mesmo. Mesmo sendo sintético, não há como ignorar seu sabor delicioso.

1, 'include' => $prevPost->ID, 'post_type' => $post_type, ); $prevPost = get_posts($args); foreach ($prevPost as $post) { setup_postdata($post); ?>

1, 'include' => $nextPost->ID, 'post_type' => $post_type, ); $nextPost = get_posts($args); foreach ( $nextPost as $post ) { setup_postdata($post); ?>

Deixe um comentário

catorze − quatro =